Pelotas perde para o Grêmio e fica próximo da zona de rebaixamento


 O Pelotas fez partida consistente e criou diversas oportunidades de gol. Mas quem botou a bola na rede durante a tarde deste domingo (8), na Boca do Lobo, foi o Grêmio. Logo aos dois minutos de jogo, Pepê anotou o tento que decidiu o resultado: 1 a 0 a favor da equipe da capital.

Com o resultado, o Áureo-Cerúleo segue com cinco pontos no Gauchão 2020. Restam quatro compromissos até o final da competição, e o primeiro deles é contra o Esportivo, às 16h do próximo domingo (8), na Montanha dos Vinhedos, em Bento Gonçalves.
Sem o lesionado Hugo Almeida e os suspensos Juliano Tatto e Mateus Santana, Luiz Carlos Winck escalou Tadeu, Busanello e o estreante Michel Schmöller. O planejamento acabou bastante prejudicado com apenas dois minutos, quando Pepê recebeu lançamento de Darlan e deslocou Douglas para abrir o marcador.
O Lobo não sentiu psicologicamente e partiu em busca da reversão do placar. Aos quatro minutos, Felipe Guedes acertou o travessão após bomba de longe. Em seguida, Hugo Sanches exigiu boa defesa de Paulo Victor e, mais tarde, aos 29, Talles Cunha chutou por cima da meta gremista.
Antes da ida aos vestiários, Hugo Sanches atacou novamente, em falta fechada que o goleiro adversário defendeu sobre a linha. O capitão Felipe Guedes também tentou, só que finalizou sem a força necessária. E no final Tadeu, cabeceando cruzamento de Hugo, fez Paulo Victor saltar para espalmar.
Na etapa final, o Grêmio deixou clara a proposta de ter mais a bola e negar espaços em possíveis contragolpes do Lobão. O Pelotas se manteve competitivo e tentou empatar aos 36, com Wallacer, que substituiu Talles Cunha, concluindo para fora.
Ao fim das contas, o resultado passa longe de interessar qualquer torcedor áureo-cerúleo. A performance não dá pontos, mas sim a esperança de que as vitórias vão aparecer. A semana será de mais trabalho para aparar arestas e trazer os três pontos da Serra. Vamos!

FICHA TÉCNICA
Pelotas: Douglas; Iago (Osvaldir), Pedrão, Wendel e Busanello; Felipe Guedes, Michel Schmöller, Jô (Juliano), Talles Cunha (Wallacer) e Hugo Sanches; Tadeu. Técnico: Luiz Carlos Winck.
Grêmio: Paulo Victor; Orejuela, Paulo Miranda, Rodrigues e Cortez; Darlan (Lucas Araújo), Thaciano, Patrick (Guilherme Guedes), Thiago Neves (Jean Pyerre) e Pepê; Luciano. Técnico: Renato Portaluppi.
Gol: Pepê, aos 2min1T (GRE).
Arbitragem: Lucas Guimarães Horn.
Cartões amarelos: Michel Schmöller, Jean Roberto [no banco] e Hugo Sanches (PEL); Orejuela (GRE).


Fonte: Gustavo Pereira | AI ECP