Pelotas e Novo Hamburgo empatam sem gols na Boca do Lobo 


A estreia do Pelotas no Gauchão 2020 não teve bola na rede. Depois de conquistar a Recopa no último fim de semana, o Áureo-Cerúleo recebeu o Novo Hamburgo na noite desta quarta (22) e empatou por 0 a 0, em jogo válido pela rodada de abertura do torneio estadual, na Boca do Lobo.
Os comandados do técnico Picoli voltam a campo já no próximo domingo (26), às 19h, diante do Internacional, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. Vale lembrar que a delegação passará a semana inteira longe de casa, pois o compromisso seguinte está marcado para às 20h de quarta (29), contra o Ypiranga, em Erechim.
Dentro das quatro linhas na Boca, a noite agradável não foi correspondida com em oção ou lances perigosos. Atuando com praticamente a mesma equipe que enfrentou o Grêmio, o Lobo só não teve Hugo Sanches entre os titulares. Com isso, Jô ganhou espaço entre os 11.
Os visitantes assustaram duas vezes no primeiro tempo: as duas com Nicolas, aos 36 e 43 minutos. A metade final também foi marcada pelo equilíbrio, e o Lobo chegou com Jô, que driblou o goleiro Jackson e bateu, sem ângulo, para fora.
O grupo azul e ouro se reapresenta na tarde desta quinta (23) e já passa a focar na difícil sequência que se avizinha. Em casa, o Pelotas volta a jogar apenas em fevereiro, no dia 1º, às 18h30 diante do Juventude. No Gauchão, classificam-se somente dois dos seis integrantes de cada grupo por turno, então todas as partidas são decisivas.
FICHA TÉCNICA
Pelotas: Douglas; Osvaldir, Negretti, Felipe Chaves e Tatto; Felipe Guedes, Mateus Santana (Wallacer), Jô, Jean Roberto (Gabriel Soares) e Juliano; Hugo Almeida (Tadeu). Técnico: Picoli.
Novo Hamburgo: Jackson; Chicão, Kesley, Diego Ivo e Romano; Bertotto (Kaio), Itaqui e Mossoró; Alisson, Nicolas (Felipe Lima) e Juba. Técnico: Julinho Camargo.
Arbitragem: Daniel Soder, auxiliado por Lucio Flor e Max Vioni.
Cartões amarelos: Osvaldir (PEL); Romano, Jackson e Kesley (NHA).