O Pelotas está na final da Copa Seu Verardi, o adversário será o São José


O primeiro tempo teve amplo domínio do Pelotas. Mais uma vez o coletivo e o individual estiveram presentes. Mateus Santana – em mais uma grande atuação – recebeu um belo cruzamento de Pablo e guardou de cabeça: 1 a 0 Lobo.

Na primeira etapa, a equipe visitante não apresentou muitas dificuldades à defesa áureo-cerúlea. E o Lobo desceu para o vestiário vencendo por 1 a 0.

No segundo tempo, o Pelotas voltou pressionando alto. Em duas oportunidades de contra-ataque, Juliano e Pablo, por muito pouco, não ampliaram o placar para o Lobão.

Com o resultado adverso, o time do Caxias precisou se lançar mais para o ataque, e chegou ao empate. William pegou o rebote na entrada da área e marcou para os visitantes.

Com o placar ainda favorável, o Pelotas não deixou de propor o jogo. O comandante Picoli colocou o meia Jean Roberto. O jogador entrou bem e colocou uma boa dinâmica no ataque do Lobo.

No finalzinho, o Caxias precisou ir para o ataque com mais força. Porém, o setor defensivo do Lobo – em mais uma grande atuação – segurou o forte ímpeto grená. O volante Vacaria foi o sinônimo de raça, vencendo praticamente todos os duelos individuais. A partida terminou empatada em 1 a 1.

O Pelotas, mais uma vez, empurrado pela força da nação áureo-cerúlea, consegue chegar a uma final de campeonato.

Próximo compromisso

O Lobo fará o primeiro jogo da final da Copa Seu Verardi no próximo domingo (17), na Boca do Lobo. O adversário será a equipe do São José.

 Coletiva de imprensa pós-jogo

Ficha da partida:

Pelotas 1 x 1 Caxias

Copa Seu Verardi – Semifinal

Boca do Lobo

Escalações:

Pelotas: Mateus Claus; Jean Malheiros (Vinicius Machado), Negretti, Thiago Costa e Busanello; Vacaria (Gabriel Soares), Mateus Santana, Juliano, Pablo (Jean Roberto), Wallacer, e Giovane Gomez. Técnico: Antônio Picoli

Caxias: André Lucas; Guilherme Trutys, Laércio, Jean e Eduardo; Marabá, Argenta, Tássio, Vinicius Baiano, William e Michel. Técnico: Rafael Lacerda