Geralmente, o aniversariante ganha o presente quando completa mais um ano de vida, mas para o aniversariante deste domingo – sete de setembro – os papéis foram invertidos: foi a vez dele dar o presente para seus “convidados”. Com a Baixada com grande público, o aniversariante Brasil empatou com o Maringá em 0x0, e deu de presente ao seu torcedor a classificação antecipada para a próxima fase do certame nacional.

Em uma partida recheada de faltas, o Maringá logo na primeira metade da etapa inicial já ficou com um jogador a menos: o volante Zé Leandro foi expulso por falta forte em Alex Amado. O Xavante ainda teve chances com Forster e Marcio Hahn, mas no começo do jogo, a chance mais clara de gol foi dos visitantes, que em desvio de cabeça de Baiano, quase marcou o gol com Cirilo salvando em cima da linha. O Brasil foi chegar perigosamente só aos 37, com Felipe Garcia, que bateu forte, mas a bola passou pelo lado da meta de Ednaldo.

Na etapa final, o jogo seguiu duro. Mesmo com um homem a menos, o time de Claudemir Sturion não aliviou, e tinha o equilíbrio das ações com o Xavante. Aos 15, Wender, com dores musculares deixou o gramado, e ao invés de optar por Raulen, Zimmermann colocou Ricardo Schneider para bloquear o lado esquerdo de ataque do Maringá. E em um segundo tempo de pouca inspiração dos atacantes, o lampejo de qualidade foi de Alex Amado: aos 27, em jogada individual, ele passou pela marcação e arriscou, mas a bola beijou a trave. E o placar ficou assim: Brasil 0x0 Maringá. Com os resultados da rodada, Brasil e Ituano garantiram classificação adiantada para a segunda fase do certame.

Ficha técnica

Campeonato Brasileiro da Série D

Brasil 0x0 Maringá

Data: 07 de setembro de 2014

Local: Estádio Bento Freitas, em Pelotas(RS)

Horário: 16h

Arbitragem: Renato Cardoso da Conceição, auxiliado por Marcus Vinicius Gomes e Frederico Soares Vilarinho

Cartões Amarelos: Eduardo Martini e Rafael Forster (B); Fabiano, Zé Leandro, Serginho Paulista, Juninho (M)

Cartão Vermelho: Zé Leandro(M)

Brasil: Eduardo Martini; Wender (Ricardo Schneider), Cirilo, Fernando Cardozo e Rafael Forster; Leandro Leite, Washington, Márcio Hahn e Felipe Garcia (Zotti); Alex Amado (Éder) e Nena. Técnico: Rogério Zimmermann.

Maringá: Ednaldo; Gustavo, Marcelo Xavier (Rui) e Fabiano; Gerônimo, Zé Leandro, Serginho Paulista, Fernandinho (Juninho) e Max (Rafael Mineiro); Baiano e Eydison. Técnico: Claudemir Sturion