Brasil marca 3 gols, VAR anula 2, e o placar fica no 1 a 1 com o Remo


Não era a estreia do VAR no Bento Freitas que todo torcedor Xavante queria. Com dois gols rubro-negros anulados pelo árbitro de vídeo, o Brasil empatou com o Remo em 1 a 1. Erison, em sua primeira partida como titular, marcou o gol do GEB. A partida foi válida pela 21ª rodada da Série B do Brasileiro.

O Brasil começou com tudo no jogo. Aos 11, Romulo criou chance em chute forte. Aos 19, Rildo lançou Vidal, que avançou e chutou cruzado, a bola desviou na zaga e saiu tirando tinta da trave. E aos 29, o gol Xavante. Kevin fez grande cruzamento da esquerda e encontrou Erison, que de primeira mandou no cantinho. Brasil 1 a 0. Em seguida, o camisa 9 quase marcou de novo, de voleio. Mas o Remo chegou ao empate aos 38, após bola alçada na área.

A equipe do técnico Cléber Gaúcho chegou ao segundo gol, no finalzinho do primeiro tempo, com Netto. Mas a arbitragem assinalou impedimento na origem do lance, após chamada do VAR.

No segundo tempo, o Xavante seguiu pressionando. Netto, Kevin e Rildo criaram as melhores chances. Mas, novamente, o VAR entrou em cena. Aos 22, Rildo recuperou a bola e chutou colocado, acertando o ângulo. Um golaço. Porém, o juiz foi chamado pelo árbitro de vídeo e assinalou falta duvidosa do camisa 10, e ainda expulsando o meia.

E assim foi o placar até o final, com três gols Xavantes marcados, mas só um validado. O próximo desafio na Série B já tem data: na sexta (3), às 19h, contra o Vasco, em São Januário.

Melhores Momentos

Coletiva Técnico Cléber Gaúcho