Brasil perde no recomeço do Gauchão


 Na retomada do Brasil no Gauchão, depois de mais de 4 meses sem entrar em campo, a equipe agora treinada pelo técnico Hemerson Maria, recebeu o Juventude, na Arena Alviazul (devido à pandemia do Covid-19), e acabou sendo derrotada por 1 a 0. O Xavante criou as melhores chances de marcar, principalmente no segundo tempo, porém, na primeira etapa, o adversário acertou grande chute e fez o gol da partida. Agora, o rubro-negro aguarda a definição dos próximos jogos do estadual para saber quem enfrenta primeiro: ou São Luiz ou Pelotas.

Na primeira etapa, o Brasil chegou perto de marcar com Jacone, que fazia sua estreia profissional, aos 6 minutos, em um chute cruzado que saiu pela linha de fundo, e Heverton, aos 34, após cobrança de falta, cabeceou pra fora. O Juventude chegou ao gol aos 26, em cobrança de falta no ângulo.

A segunda etapa foi marcada pela reação rubro-negra. Com mais posse de bola e jogadas de ataque, o Brasil quase marcou 25 minutos, após jogada ensaiada, Gegê rolou para Poveda, que chutou pra fora.

O próximo confronto Xavante ainda não está definido – São Luiz ou Pelotas. A FGF deve formalizar a partida nesta segunda (27).

Ficha técnica:

Brasil: Matheus Nogueira, Maicon Silva (Leandro Camilo), Lázaro, Heverton, Mateus Mendes, Revson (João Ananias), Jacone (Leandro Leite), Wellington Simião (Jarro), Gegê, Gabriel Poveda (Nathan) e Wesley. Técnico Hemerson Maria.

Juventude: Marcelo Carné, Igor, Augusto (Genílson), Reynaldo, Fellipe Borges, João Paulo, Wallace Tarta (Bruno Camilo), Marciel, Gabriel Terra (Breno Lopes), Bruno Alves (Samuel Santos) e Dalberto (Bruno Nunes). Técnico Pintado.

Gol: João Paulo, 26′ 1T (J).

Cartões amarelos: Wesley (B); Fellipe Borges, Wallace Tarta, Bruno Camilo, Marciel, Gabriel Terra e Bruno Lopes (J).

 

Fonte: Carlos Insaurriaga