Brasil só empata em casa com o Ypiranga


 Neste domingo (15) atípico, o Brasil recebeu o Ypiranga no Bento Freitas, com portões fechados devido ao risco de contágio do coronavírus, e empatou em 2 a 2. Os gols Xavantes foram marcados por Ávila (contra) e Wesley. A partida foi válida pela 3ª rodada do returno do Gauchão. Com o resultado, o rubro-negro soma mais um ponto importante na competição e ocupa a 6ª colocação do Grupo B com 4 pontos ganhos. Na classificação geral, a equipe comandada pelo técnico Gustavo Papa está na 8ª posição com 8 pontos.

O Xavante entraria em campo na próxima quarta (18), ás 20h30, em Brusque, em partida de volta da 3ª fase da Copa do Brasil, porém a CBF cancelou todas as competições oficiais por tempo indeterminado, devido ao coronavírus. Pelo Gauchão, o próximo desafio do Brasil será o clássico Bra-Pel, marcado para domingo (22), às 16h. Mas a FGF vai se reunir nesta segunda (16) para definir os rumos do estadual.

A partida começou quente. O adversário abriu o placar rápido: aos 2 minutos, Leilson tirou o primeiro zero do marcado. A resposta do Brasil veio cedo também. Aos 15, Jarro fez grande jogada pela esquerda e cruzou rasteiro para o meio da área. O lateral Ávila, na tentativa de afastar, acabou marcando contra. Tudo igual na Baixada.

Da mesma forma que começou o primeiro tempo, o segundo também teve gol cedo. Aos 4, Neto Pessoa cobrou pênalti, e colocou os visitantes na frente. Os comandados do técnico Gustavo Papa se largaram para o ataque. E depois de tanta pressão, aos 40 minutos, o empate saiu. Juninho Rocha foi derrubado na área e penalidade assinalada. Na cobrança, Wesley chutou no meio e deu números iguais e finais ao jogo.

Ficha técnica:

Brasil: Rafael Martins, Maicon Silva, Leandro Camilo, Heverton, Mateus Mendes, João Ananias, Wellington Simião, Maicon Assis (João Henrique), Jarro (Juninho Rocha), Gabriel Poveda (Nathan) e Wesley. Técnico Gustavo Papa.

Ypiranga: Carlão, Muriel, Saimon, Schwarzer, Tárik, Ávila (Neuton), Jean Silva, Clayton, Cristiano (Neto Pessoa), Zotti (Pedrinho) e Leilson. Técnico Paulo H. Marques.

Gols: Ávila (C) 15min1T e Wesley 42min2T (B); Leilson 2min1T e Neto Pessoa 4min2T (Y).

Cartões amarelos: Wellington Simião (B); Pedrinho, Schwarzer, Ávila, Tárik e Allan (Y)