Brasil empata com o Oeste e se mantém em 12º lugar


O Brasil recebeu o Oeste no Bento Freitas, na noite deste sábado 09/11, em partida válida pela 34ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. A equipe paulista não se abateu com o fator casa e dominou praticamente todo o primeiro tempo. Assustou em alguns momentos com Fábio, porém Mazinho foi o responsável por abrir o placar. Bateu falta com precisão e balançou as redes. O Xavante tentou se impor com jogadas pelas laterais. O único lance perigoso do donos da casa foi num cabeceio estranho de Juba que assustou Cavichioli.

Diferente da etapa anterior, o Brasil voltou com um estilo diferente dentro de campo e assustou com Juba e Ari. Porém como um balde de água fria, Fábio ampliou a vantagem, após um cobrança de falta que gerou muita reclamação dos jogadores do Brasil. De qualquer forma, os donos da casa apostavam nas jogadas laterais do gramado, e com a entrada de Pereira, o time reagiu. Guilherme Queiroz deixou diminui o placar, numa jogada oportunista, aos 34 minutos. Já nos acréscimos, o atacante bateu o pênalti e deixou tudo igual.

COMO FICA?

Com o empate, o Brasil chega aos 43 pontos e permanece no 12ª lugar. O Oeste sobe aos 40 pontos, mas continua na 15ª colocação, apenas uma posição acima do Figueirense.

PRÓXIMOS JOGOS

O Brasil volta a campo na próxima terça-feira, às 19h15, no estádio Bento Freitas, contra o Coritiba. No mesmo dia e horário, o Oeste recebe o Atlética-GO na Arena Barueri.

Melhores momentos de Brasil 2 x 2 Oeste

FICHA TÉCNICA

BRASIL DE PELOTAS 2 X 2 OESTE

Local: Estádio Bento Freitas, Pelotas (RS)

Data: 09 de novembro de 2019, sábado

Horário: 19h (de Brasília)

Árbitro: Antônio Dib Moraes de Sousa (PI)

Assistentes: Rogério de Oliveira Braga (PI) e Alisson Lima Damasceno (PI)

Cartões amarelos: Eduardo Person, Carlos Eduardo, Ednei (Brasil); Roberto (Oeste)

Gols: Guilherme Queiroz, aos 34 e aos 50 minutos do segundo tempo (Brasil de Pelotas); Mazinho, aos 32 minutos do primeiro tempo; Fábio, aos 20 minutos do segundo tempo (Oeste)

Brasil de Pelotas: Carlos Eduardo; Ednei, Bruno Aguiar, Heverton e Willian Formiga; Leandro Leite (Murilo Rangel), Eduardo Person, Juba e Diogo Oliveira (Pereira); Guilherme Queiroz e Ari (Cristian). Técnico: Bolívar

Oeste: Matheus Cavichioli; Felipe Gregório, Lídio, Caetano e Salomão; Matheus Jussa (Willian Rocha), Betinho e Mazinho; Wellinton (Gustavo Silva), Roberto (Bruno Gonçalves) e Fábio. Técnico: Renan Freitas