Brasil vence o São Bento com gol no último lance da partida


Jogando no Bento Freitas e precisando vencer para se afastar do rebaixamento, o Xavante buscou o gol desde o início, dominando o jogo, mas criando poucas chances. Com um minuto de jogo Rafael Grampola perdeu uma ótima chance para abrir o placar. O jogo seguiu morno, sem chances de gol de nenhuma equipe, até que aos 27 minutos Joílson impediu com a mão, em cima da linha, o que seria o gol de Mutilo Rangel para o Brasil. O juiz marcou pênalti e expulsou o jogador do São Bento, Rafael Grampola cobrou o pênalti e colocou o Xavante na frente. Só nos acréscimos a equipe paulista assustou, com Fábio Bahia chutando para fora.

Logo no início do segundo tempo foi o Brasil que teve novamente primeira grande chance, mais uma vez com Grampola, que chutou da entrada da área, a bola desviou na defesa e saiu perto do gol. A resposta do São Bento veio aos sete minutos, aproveitando descuida da defesa do Xavante Rodolfo empatou a partida. Leandro Camilo quase desempatou aos vinte minutos. O ataque do Brasil seguiu produzindo pouco, até os 51 minutos quando Rodrigo Alves marcou o gol salvador que deixou o Xavante u pouca mais longe a zona de rebaixamento.

Com essa vitória o Rubro-negro sobe para a 12ª posição, com 21 pontos. O São Bento fica com 16 pontos, na penúltima colocação.

Próximos jogos
O Brasil volta a campo já na próxima sexta-feira, fora de casa. Enfrenta o Atlético-GO, no Antônio Accioly, às 19h15. O São Bento joga novamente longe de Sorocaba. Vai ao Paraná duelar com o Londrina, às 16h30 de sábado.

Melhores momentos de Brasil 2 x 1 São Bento 

Estatística do jogo

Brasil de Pelotas

 

São Bento

4

Escanteios

1

1

Faltas cometidas

1

1

Cartões amarelos

2

1

Impedimentos

0

52.4%

Percentual posse de bola

47.6%

19

Desarmes

15

18

Finalizações

6

17

Dribles

19

23

Cruzamentos

16

BRASIL  2 X 1 SÃO BENTO

Brasil  Carlos Eduardo; Ricardo Luz, Leandro Camilo, Bruno Aguiar e Ednei; Leandro Leite, Carlos Jatobá (Rodrigo Alves), Cristian (Branquinho) e Diogo Oliveira; Murilo Rangel (Daniel Cruz) e Rafael Grampola. Técnico: Bolívar

São Bento  Gabriel Félix; Pablo, Wesley, Joílson e Mansur; Fábio Bahia, Vinícius Kiss e Rodolfo; Paulinho Boia (Guilherme Romão), Minho (Élton) e Zé Roberto (Dudu Vieira). Técnico: Doriva

Gols  Rafael Grampola, aos 30 minutos do 1º tempo, e Rodrigo Alves, aos 51 minutos do 2º tempo (Brasil-RS); Rodolfo, aos 9 minutos do 2º tempo (São Bento)

Árbitro Ramon Abatti Abel (SC)

Cartões amarelos  Rodolfo e Élton (São Bento); Ricardo Luz (Brasil)

Cartão vermelho  Joílson (São Bento)