Paraná surpreende e vence o Xavante no Bento Freitas na estréia do técnico Bolivar

Em um jogo marcado por erros da arbitragem, o Brasil começou pressionando e logo criou duas boas chances para abrir o placar. Se não fosse o gol de Branquinho, aos 27 minutos do primeiro tempo, mal anulado pelo árbitro, o Xavante teria saído na frente no placar. Aos 32 minutos o Paraná surpreendeu, Fernando Neto marcou o único gol da partida (válido) após cobrança de escanteio. Aos 44 minutos foi a vez do Paraná reclamar da arbitragem em mais um gol mal anulado.

O Brasil pressionou em busca do empate, mas o Paraná se defendeu bem e soube levar o jogo até o final. Na melhor chance do Xavante no segundo tempo Grampola cabeceou no travessão. O técnico Bolivar deixou o Brasil mais ofensivo provento suas três substituições: Diogo Oliveira no lugar de Washington, Douglas Baggio lugar de Bruno Paulo e Elias no lugar de Branquinho, mas não conseguiu evitar a derrota.

Com esse resultado o Brasil cai uma posição na tabela de classificação, agora é o 11º colocado, fica esperando o final da rodada que será no sábado. Dependendo dos de mais resultados pode terminar a rodada até em 15º lugar. Já o Paraná saltou para o G4, está em 3º, mas ainda pode perder duas posições e fechar a rodada em 5º;

O técnico Bolivar mandou o Brasil a campo assim:

Carlos Eduardo, Ricardo Luz, Bruno Aguiar, Leandro Camilo, Carlos Jatobá, Leandro Leite, Washington, Murilo Rangel, Bruno Paulo, Rafael Grampola e Branquinho
Entraram
Diogo Oliveira no lugar de Washington, Douglas Baggio lugar de Bruno Paulo e Elias no lugar de Branquinho
Pelo lado do Xavante só Murilo Rangel ganhou cartão amarelo.