maicon assisMaicon Assis está de volta ao Bento Freitas.

A volta de Maicon Assis ao Brasil é uma medida que visa corrigir um erro na formação do elenco para a disputa do Campeonato Gaúcho. Os pensadores do futebol rubro-negro não consideraram o fato de Diogo Oliveira estar com 36 anos e, portanto, sem a condição física de suportar o ritmo das competições. Não havia um reserva imediato para o meia armador. Ou mudava o esquema de jogo ou ocorria improvisação – como se repetiu com Velicka em várias rodadas do Gauchão.

Maicon Assis retorna ao Bento Freitas, onde jogou pouco (poucas partidas), mas deixou boa impressão. Ele foi apresentado pelo Brasil no dia 26 de junho do ano passado, com o Brasileiro da Série B em andamento. Foi relacionado pela primeira vez para compor o banco de reservas na vitória 1 a 0 diante do Criciúma – justamente quando a equipe foi comandada por Gustavo Papa, após a saída de Clemer.

A primeira vez que apareceu em campo foi diante do Atlético/GO em Goiânia. Entrou em campo no segundo tempo. O aproveitamento no decorrer do jogo se repetiu contra Boa, Guarani, Goiás, São Bento e CSA. Só começou como titular o jogo diante do Avaí, no Bento Freitas, quando Gilmar Dal Pozzo cedeu ao apelo para escalar Maicon Assis ao lado de Pereira no meio-campo.

Sua melhor partida ocorreu na vitória por 2 a 0 diante do Boa Esporte, quando entrou em campo na segunda etapa e mudou o panorama da partida. Fez, inclusive, o segundo gol (seu único com a camisa xavante). Uma lesão o afastou da equipe da 20ª a 34ª rodada, quando foi aproveitado pela única vez pelo técnico Rogério Zimmermann.

No começo desta temporada, Maicon Assis esteve na Portuguesa do Rio. Ele chegará a Pelotas nesta semana para tentar concluir a história que começou a ser escrita na temporada passada. 

DM