papa tecnico 02Gustavo Papa ganhou tempo e reforços para a partida contra o São José.

O Brasil corre contra o tempo desde o começo do Campeonato Gaúcho. A preparação foi tardia em relação aos adversários e isso pesou nas primeiras rodadas. Ainda sem vencer no Estadual, o Xavante corre agora contra a matemática. Com 4 pontos na tabela, a conta para evitar o rebaixamento é chegar aos 11. Faltando apenas 4 rodadas, isso significa, no mínimo, duas vitórias e um empate.

Como não existe solução mágica, o caminho é o trabalho. A distância entre a passada 7ª rodada e o jogo da 8ª, somente na terça-feira (26), é o maior espaço de tempo para o Xavante neste Gauchão. Uma semana cheia para treinamentos era tudo que o agora efetivado técnico Gustavo Papa queria. Ele tem apoio da direção, conforme o discurso do executivo de futebol, Carlos Kila, que comentou a efetivação: “Não poderia ser diferente. Em pouco tempo, ele passou a ideia de jogo. Tornou a equipe equilibrada e competitiva, o que nos dá um alento para a parte final”. O zagueiro Bruno Aguiar, que ganhou titularidade no time, também comemora a sequência com o técnico.

Papa vai ter à disposição diante do São José, na próxima terça, dois reforços em relação ao empate com o Grêmio. Douglas Baggio volta de suspensão e o lateral Hélder, recuperado de lesão, deve estar pronto para os treinos e atuar. Para buscar os 11 pontos no campeonato, o Xavante encara São José (F), São Luiz (C), Pelotas (C) e Veranópolis (F)

DM