baggio 300x199 Brasil, de Baggio, precisa vencer para sair do Z2 do Gauchão.

Que o time teve uma certa evolução, principalmente nos jogos contra Juventude e Internacional, são poucos os que duvidam. Mas a evolução a que todos esperam é a que se apresenta acompanhada de resultados positivos, os quais estão fazendo falta ao time rubro-negro e preocupando torcida, comissão técnica e direção do Brasil, além, é claro, dos jogadores. Em futebol o que conta, mesmo, é a superioridade em bolas na rede do adversário.

Com apenas três pontos na tabela, em 15 disputados (cinco jogos) o momento do Brasil “assusta” os rubro-negros, pela extrema necessidade de virada no jogo. Vencer é preciso, com urgência.

“O time vai mudar essa situação”, resumiu o presidente Ricardo Fonseca, apostando na mudança já a partir do próximo compromisso na tabela do Gauchão. No domingo, o time recebe o Aimoré, na Baixada, e entra em campo pressionado ao “extremo” pela necessidade de conquistar os três pontos.

Numa combinação de resultados ao seu favor, o Xavante pode terminar a 6ª rodada “respirando” melhor na tabela de classificação. Uma vitória sobre o time de São Leopoldo, aliada a tropeços de Veranópolis e São Luiz, respectivamente, diante de Caxias e São José, coloca o time do técnico Paulo Roberto Santos no lado de fora da famigerada zona de rebaixamento. A propósito, mesmo com a “evolução” que se fala na Baixada, Paulo Roberto Santos não deverá resistir a mais um resultado negativo no comando do time rubro-negro. Ou seja: o jogo com o Aimoré é o seu limite entre o céu e o outro “plano”.

MUDANÇAS – Para enfrentar o Aimoré, o comandante do Brasil terá de fazer alterações no time. O capitão Leandro Leite está fora pelo terceiro cartão amarelo recebido na partida diante do Internacional, derrota por 1 a 0, na segunda-feira, mas o meio-campo terá o retorno de Diogo Oliveira que volta de suspensão, pela expulsão na partida com o Juventude, em Caxias do Sul.

No lugar de quem Oliveira vai entrar ainda é uma incógnita, assim como quem será o substituto do capitão Leite. Nos treinamento de hoje até sexta-feira o elenco terá de mostrar que pode confirmar a aposta do comando diretivo numa boa performance no Gauchão, com uma arrancada para longe da zona de rebaixamento e aproximação do grupo que se classifica à próxima fase.

DM