nico e camilo Brasil é batido pelo Inter, e segue sem vencer no Gauchão.

O Brasil resistiu o Internacional até os 30 minutos do segundo tempo. O gol de Rodrigo Moledo – finalmente vencendo o goleiro Carlos Eduardo (melhor jogador em campo) – determinou mais um revés do time rubro-negro no Campeonato Gaúcho, nesta segunda-feira, no Beira-Rio. Segue com três pontos, na penúltima colocação e na zona de rebaixamento. O Inter aliviou a pressão e saltou para a quinta posição, com sete pontos, nesta quinta rodada.

Paulo Roberto optou pela escalação de três volantes: Leandro Leite, Souza e Washington. Os extremas Branquinho e Douglas Bággio ganharam a missão de puxar o contra-ataque e se aproximar de Michel. A estratégia não deu certo no primeiro tempo, apesar de o empate por 0 a 0 ao final dos 46 minutos fosse um excelente resultado – até pelas circunstâncias do jogo. O domínio foi completo do Inter.

Carlos Eduardo fez duas grandes defesas em finalizações de Tréllez e Edenilson. Heverton evitou o gol de Tréllez, após mais uma chegada de Iago pelo lado esquerdo, aparecendo às costas de Ricardo Luz. O travessão também salvou o Brasil numa conclusão de D’Alessandro da meia direta. O time rubro-negro não teve nenhum chute a gol.

A falta do gol ampliou a pressão para cima do Internacional na segunda etapa. O Brasil passou a ter finalmente a jogada do contra-ataque. Em cruzamento de Daniel Cruz, Bággio se passou da bola na pequena área: chance clara de gol. Em seguida, Sousa assustou os colorados ao pegar um rebote na entrada da área. A bola foi para fora. Depois de mais uma defesa de Carlos Eduardo, a bola sobrou para Moledo, que completou para a rede, aos 30 do tempo final..

FICHA TÉCNICA

INTER 1  x  0 BRASIL

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Bruno (Zeca), Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Edenilson, D’Alessandro, Nico López,  Neílton e (Sarrafiore); Tréllez (Pedro Lucas). Técnico: Odair Hellmann

BRASIL: Carlos Eduardo; Ricardo Luz, Leandro Camilo, Heverton e Bruno Santos; Leandro Santos,  Washington (Boquita), Souza e Branquinho D. Bággio (Fernandinho), Michel (Daniel Cruz). Técnico: Paulo Roberto Santos

  • Árbitro: Leandro Vuanden,  auxiliado por Tiago Augusto Diel e André da Silva Bitencourt
  • Cartões amarelos: Bruno, Cuesta e Sarrafiore (I); Bággio, Leandro Leite e Heverton (B)
  • Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre.
  • DM