brasil x csaMais uma vez Brasil joga mal, e perde mais uma.

O sinal vermelho está aceso já há algum tempo no Bento Freitas. Situação complicada para o Grêmio Esportivo Brasil que na noite desta quinta-feira sofreu mais uma derrota na Série B: 2 a 0, para o CSA, na 14ª rodada. E permanece com apenas 13 pontos na tabela, agora na 19ª colocação. Pior: com um futebol de péssima qualidade. O próximo compromisso do time comandado por Gilmar Dal Pozzo será no dia 13 – próxima sexta-feira -, novamente na Baixada, diante do Juventude.

Literalmente, o  time alagoano deitou e rolou no tempo inicial do jogo na Baixada. Melhor organizado em campo, criou mais, chegou com perigo em várias oportunidades e não perdoou a inércia dos comandados de Dal Pozzo. Mandou no jogo. Com autoridade. E fez jus ao placar da primeira etapa.

A primeira bola na rede de Marcelo Pitol chegou aos 32 minutos, quando Daniel Costa pegou bonito um cruzamento da esquerda  e guardou: 1 a 0. O CSA continuou mandando nas ações. E após um erro de Calysou na entrada da área, aos 41 minutos, Rafinha invadiu pela esquerda e fuzilou Pitol: 2 a 0. Estava feio, muito feio.

Na volta para o tempo final, a situação não mudou muito. O Brasil continuou apático, sem forças e correndo atrás do indigesto visitante da fria noite de quinta-feira. Em alguns momentos o rubro-negro até que conseguiu levar um certo perigo ao gol alagoano, mas a inspiração do time definitivamente estava congelada. O máximo que conseguiu foi quase ao final da partida colocar uma bola na trave de Lucas Frigeri, fato que não evitou as  vaias que se seguiram ao apito que encerrou  mais uma trágica performance xavante na Série B do Campeonato Brasileiro.

FICHA TÉCNICA

BRASIL 0 x 2 CSA

BRASIL: Marcelo Pitol; Eder Sciola, Leandro Camilo,  William Machado e Bruno Colaço; Leandro Leite,  Sousa(Caio),  Mossoró,  Pereira(Toty) e Calyson(Michel): Luiz Eduardo. Técnico: Dal Pozzo

CSA: Lucas Frigeri; Celsinho. Leandro Souza. Xandão. Rafinha. Edinho (Yuri)  Ferrugem(Iuri), Didira, Daniel Costa, Niltinho,. Michel. Técnico: Marcelo Cabo

  • ARBITRAGEM: Jailson Macedo Freitas, auxiliado por  Elicarlos Franco de Oliveira e Jucimar dos Santos Dias
  • CARTÕES AMARELOS: Sousa, William Machado, do Brasil;
  • LOCAL: Estádio Bento Freitas.
  • DM