brasil x coritiba

Brasil não tem força ofensiva e perde para o Coxa, no Paraná.

 

O Brasil tentou segurar o Coritiba, nesta terça-feira, no Couto Pereira, em Curitiba, mas acabou perdendo por 1 a 0 em jogo da quinta rodada da Série B do Brasileiro. Com o resultado, o Xavante caiu para a 14ª posição, com cinco pontos. Já o Coxa chegou ao quarto lugar, com 10. O próximo jogo do time rubro-negro será no dia 19, contra o Sampaio Correa, no Bento Freitas.

O primeiro tempo foi controlado pelo Brasil, apesar da iniciativa ser do adversário. Faltou a segunda parte para o time de Clemer. Não encaixou o contra-ataque e, portanto, Wilson não foi exigido nos 46 minutos da primeira etapa. O Coritiba teve apenas dois momentos importantes, porque demonstrou pobreza no quesito criatividade. Aos 16 minutos, Bruno Moraes girou o corpo na entrada da área e chutou rasteiro. A bola passou junto ao poste. Marcelo Pitol só trabalhou num chute de longe de Jean Carlos, com a bola desviando na cabeça de Rafael Junior.

No segundo tempo, as equipes vieram dispostas a arriscar mais no ataque. Aos sete minutos, Pitol fez grande defesa em chute de Guilherme Parede. Era o sinal de que o Coxa estava mais arrojado. Aos 11, numa cobrança de escanteio curto, Yan Sasse teve espaço para finalizar o lance. Marcelo Pitol tocou na bola, colocando para dentro do próprio gol.

A principal chance de gol do Brasil na partida ocorreu, aos 15 minutos. Chiquinho recuou curto demais, Michel chegou a driblar Wilson, mas não conseguiu concluir a jogada. O goleiro do Coritiba se recuperou para afastar o perigo. O time rubro-negro saiu para o jogo, buscando o empate. O Coritiba teve chance clara para ampliar, mas Bruno Moraes não conseguiu concluir a boa jogada de Chiquinho.

Na reta final do jogo, Pitol precisou trabalhar bastante. O Coritiba criou duas, três chances para ampliar – inclusive, com bola no travessão numa bicicleta de Bruno Moraes.

CORITIBA

Wilson

Leandro Silva

Thalisson Kelven

Alex Alves

Chiquinho

Vitor Carvalho (J. Paulo)

Júlio Rusch

Jean Carlos (G. Parede)

Yan Sasse (Raphael Lucas)

Pablo

Bruno Moraes

Técnico: Eduardo Baptista

 

BRASIL

Marcelo Pitol

Tiago Cametá (L. Bahia)

Rafael Vitor

Heverton

Artur

Leandro Leite

Eder Sciola

Itaqui

Lourency

Welinton Junior (Kaio)

Michel (Luiz Eduardo)

Técnico: Clemer

 

  • Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba/PR
  • Árbitro: Rodrigo Batista Raposa (DF)
  • Assistentes: Lehi Souza Silva (DF) e Leila Naiara Moreira da Cruz (DF)
  • Cartões amarelos: João Paulo (C); Rafael Vitor (B)
  • Gol: Yan Sasse (11min do segundo tempo)